Vitória, Sport, Criciúma e Coritiba se classificam

Abrindo a noite de quarta-feira (7) da Copa do Brasil 2018, mais quatro equipes garantiram a classificação para a Segunda Fase. Foram elas: Sport-PE, Vitória-BA, Criciúma-SC e Coritiba-PR. Os rubro-negros avançaram com vitórias fora de casa. Em Macapá (AP), o Leão da Ilha bateu o Santos-AP por 2 a 1. Em Ceará-Mirim (RN), o Leão da Barra superou o Globo-RN por 2 a 0. Já Tigre e Coxa fizeram valer o regulamento e usaram a vantagem do empate como visitante para avançar. Tanto catarinenses quanto paranaenses ficaram no 1 a 1 e despacharam São Caetano, em São Caetano do Sul (SP), e Parnahyba-PA, em Teresina, respectivamente.

Fora de casa, no estádio Manoel Baretto, o Vitória confirmou o favoritismo e não deu chances ao Globo-RN. Logo aos sete minutos de jogo, Denilson empurrou para o fundo das redes e abriu o placar, 1 a 0. Ainda no primeiro tempo, aos 44 minutos, o artilheiro da noite marcou novamente e decretou a vitória rubro-negra.

Outro rubro-negro que alcançou a classificação fora de casa foi o Sport. No Zerão, o Leão da Ilha chegou a desperdiçar uma cobrança de pênalti com Marlone aos 23 minutos do primeiro tempo, mas a defesa de Axel não foi suficiente para o Santos-AP avançar. No segundo tempo, aos nove, Leandro Pereira colocou os visitantes na frente. Aos 39, o Peixe empatou com Bruninho, mas os pernambucanos responderam imediatamente e, aos 42, Leandro Pereira repetiu a dose e fechou o placar: 2 a 1.

No Anacleto Campanella, o Criciúma fez valer a vantagem do empate e despachou o São Caetano-SP. Os visitantes saíram na frente logo aos 10 minutos com Mailson. Na etapa final, o Azulão igualou o marcador aos cinco minutos com Rafael Costa. Precisando da vitória para se avançar, o time foi pra cima em busca da virada, mas não conseguiu o gol da classificação.

Com gol no último minuto, o Coritiba arrancou a vaga suada no Albertão. As redes só balançaram na segunda etapa. Em casa, o Parnahyba saiu na frente aos três minutos com o atacante Fabinho. Com a vantagem no placar e um jogador a menos, o time paraense se segurou na defesa. Já o Coxa, precisando de um gol para avançar, se lançou ao ataque e pressionou o time da casa. Após esbarrar nas boas defesas de Cesar, o Coritiba não desistiu e chegou ao gol salvador aos 51 minutos com William Matheus.

 

Foto: Moysés Suzart/EC Vitória