Talento master de Itaboraí está de volta aos ringues

 

esporte capa siteAos 46 anos, o mestre de Muay Thai Antonio Sena, do Sena Fight Team, decidiu voltar às lutas, e vai representar Itaboraí neste sábado, em Santos, no torneio Master Talents. Sena vai lutar em um dos principais torneios do Muay Thai tradicional, depois de quase quinze anos afastados dos ringues. Ele enfrenta Ronaldo Araújo, do VCF, no Portuários Stadium, na Rua Senador Cristiano Othoni, 89, Valongo, Santos.

Nos últimos anos, Antonio Sena se notabilizou pela formação de atletas em Itaboraí, sempre pregando o trabalho voltado ao Muay Thai que é praticado na Tailândia, berço do esporte, e não as modalidades “abrasileiradas”, que surgiram no início da década de 1990. Sem querer polemizar, mas deixando clara a sua posição, Sena defende o modo de lutar tradicional da Tailândia e afirma que há muita gente praticando o esporte no Brasil – os melhores torneios acontecem em São Paulo e Minas Gerais.

Antonio Sena decidiu sair da aposentadoria precoce, que tinha sido motivada por uma contusão no joelho, por achar importante representar a cidade em um evento esportivo. A volta é para valer e o mestre espera lutar, pelo menos, até completar 50 anos, já que se sente bem preparado.

“Minha preparação foi intensa e estou bem fisicamente para lutar em alto nível”, disse.

Entre as dificuldades, a maior é o fato de não conhecer o seu adversário – que é um ano mais novo e está a cerca de três anos sem lutar, mas que faz parte da mesma categoria, até 67 Kg.

“Estou ciente de que vou fazer uma boa luta e vou fazer de tudo para trazer a vitória para nosso município. Numa luta, tudo pode acontecer, mas acho importante estar representando Itaboraí em um torneio desse nível”, comentou Sena.

Com títulos estaduais de Muay Thai do Rio no início da década de 1990, Antonio Sena chegou a lutar em outras modalidades, como o boxe e o jiu-jitsu, devido à falta de eventos na época. A volta aos ringues quase aconteceu em 2015, quando se preparou para uma luta-desafio, que acabou não acontecendo. Depois de levar tantos atletas a torneios e preparar muita gente na cidade, Antonio Sena achou que já era hora de voltar a fazer o que mais gosta.

Sena acredita que a resistência, que já é um diferencial entre os lutadores de Muay Thai, vai ser fundamental para o bom resultado na luta deste sábado. Ele recebeu apoio de outros mestres na preparação para a volta. Treinou em Xerém e na Rocinha e vai ter suporte de gente como Diego Bochecha e Tiago Lino em seu corner.

 

Foto: Divulgação