‘Star Wars: os últimos Jedi’ está em cartaz

Oitavo filme da franquia Star Wars traz de volta Luke Skywalker e é o último com a participação de Carrie Fisher, morta neste ano

 

Estreou nesta semana Star Wars: Os Últimos Jedi, oitavo filme na franquia de filmes Star Wars, que está sendo produzido pela Disney-Lucasfilm. A saga da família Skywalker e de novos protagonistas segue em frente, como a franquia mais amada do cinema mundial, ao contar histórias que acontecem em uma galáxia distante. O filme é o segundo na nova trilogia de Star Wars, e foi precedido por Star Wars: o Despertar da Força.

O novo filme é produzido por Kathleen Kennedy, depois da aquisição da Lucasfilm pela Disney. Além de Kennedy, Ran Bergman também assina a produção, com produção executiva de J.J. Abrams, Jason McGatlin e Tom Karnowski. Benicio del Toro vive o novo vilão no filme, enquanto Andy Serkis surge como o Líder Supremo Snoke e Adam Driver reprisa o papel Kylo Ren. Gugu Mbatha-Raw faz uma participação para os Episódios VIII e IX. Além de Daisy Ridley, John Boyega e Oscar Isaac, que voltam aos papéis de Rey, Finn e Poe Dameron.

Rian Johnson, roteirista e diretor do filme, é, como diz o presidente da Disney, Alan Horn, o verdadeiro “Mestre Jedi” da franquia no momento, depois do choque de atualidade dado pelo sempre operante J.J. Abrams, no Episódio VII.

“Fazer este filme foi o melhor momento da minha vida. E isto se deve, em parte, àquilo que Star Wars significa para mim e, creio, para muitos de nós. Mas também se deve às pessoas com as quais eu trabalhei”, disse Johnson. Ele foi o responsável por fazer Luke Skywalker, ou melhor, Mark Hamill, voltar à franquia, reprisando o papel que o consagrou.

“Durante a minha infância, Luke foi o meu herói”, conta Johnson. “Crescendo no Colorado, sentado lá, olhando para a tela, só pensando que um garoto do interior poderia crescer e viver uma aventura. E, então, eu fui trabalhar com Mark. Dizem que é melhor nunca conhecer seus heróis, mas, neste caso, só o trabalhar com Mark como ator e toda a graça que ele tem, além da confiança, a experiência foi imensamente mágica para mim”, disse.

O filme ainda traz o valor sentimental para os fãs de Star Wars por ser o último em que Carrie Fisher encarna a Princesa Leia. A atriz, que morreu no início deste ano, era muito querida pelos fãs e, mesmo após os problemas enfrentados em seu período de maior sucesso na carreira, sempre teve uma relação de amor com a personagem.

Johnson contou como ele passou muito tempo com Fisher, aprendendo muito com ela. “Eu a amo tanto, cara”, disse Johnson. “Eu simplesmente a adoro. E eu me conectei primeiramente com ela como escritora. Ela tinha uma mente brilhante, e eu me sentava na cama dela por horas, lendo o roteiro, e nós tínhamos essas sessões improvisadas de fluxo de consciência. No final, haveria uma linha de quatro palavras de diálogo que sairia disso”.

SERVIÇO

STAR WARS: OS ÚLTIMOS JEDI está em cartaz no Itaboraí Plaza. SALA 1 (3D | DUB): 14:45 19:40, SALA 2 (3D | DUB | CINÉPIC): 13:00 15:40 18:20, SALA 2 (3D | LEG | CINÉPIC): 21:00, SALA 4 (DUB): 17:45 20:20. O Itaboraí Plaza fica na Rodovia BR 101, Km 295, s/n – Três Pontes, Itaboraí – RJ.