Prefeitura de São Gonçalo convoca aprovados em concurso

CON-0301A Secretaria de Administração de São Gonçalo iniciou a convocação dos candidatos aprovados no concurso público realizado em maio para o preenchimento de 672 vagas nos níveis médio, médio-técnico e superior.

Foram chamados para se apresentar os professores docentes, professores especializados (braile e libras), inspetores de aluno e professores orientadores pedagógicos e educacionais. A lista dos convocados foi publicada no Diário Oficial (DO) da cidade.
Na mesma edição, foi anunciado que os candidatos ao cargo professor docente I – Língua Portuguesa – farão nova prova no próximo dia 17. O resultado do concurso para a área foi anulado em função de denúncias dos candidatos de que a prova aplicada em 08 de maio era idêntica a de um concurso público realizado no Estado de São Paulo.

O fato levou a Prefeitura de São Gonçalo a multar a Fundação Bio Rio, organizadora do concurso. Durante todo dia de ontem, a movimentação dos convocados foi grande no Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura. A maioria dos profissionais aprovados relatou a surpresa de ter sido chamado tão rápido, levando em conta que o concurso foi homologado na última quinta-feira.
“Saí do mestrado e estava voltando para casa de carro com a minha mãe para descansar porque estava com febre e muito indisposta. Um amigo viu a listagem no diário oficial e me avisou. Quando vi meu nome na lista fiquei tão feliz que a febre até passou. Estou me sentido bem melhor. Não esperava que fosse tão rápido, apesar de ter passado em 17º lugar”, contou Mariana Barros Mello, de 27 anos, moradora de Maria Paula, aprovada para o cargo de orientadora educacional.
O professor de Geografia, Felipe Andrade Vilela, também foi informado por amigos sobre a convocação. Morador do Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro, ele disse que sua expectativa era ser chamado bem mais para frente.
“Fiz o concurso e relaxei porque sei que essas convocações costumam demorar. Mas foi bem rápido”, destacou o jovem de 28 anos que se classificou em 9º lugar.
Moradora de Maricá, Ane Cristina de Souza de Castro, 33 anos, aprovada para o cargo de professor docente 2 (Educação Infantil, Ensino Fundamental I e EJA) dividia a alegria de ter sido convocada com a preocupação de interromper o trabalho que exerce em uma escola particular.
“Passei na 86ª posição, não esperava ser chamada agora. Dou aula para o Ensino Fundamental e provavelmente terei que abandonar a turma porque acho que aqui vai ser tudo muito rápido. Já fui encaminhada para fazer os exames médicos admissionais. Estou triste por um lado, mas muito feliz por outro. Passar no concurso foi uma grande conquista”, finalizou a professora.

 

Foto: Divulgação
Legenda: Foram chamados professores docentes, especializados, inspetores e orientadores