Give your website a premium touchup with these free WordPress themes using responsive design, seo friendly designs www.bigtheme.net/wordpress

afoto-araruamaAraruama, município com área de 633,8 km2 e população de 76.872 (2010) é conhecida pela sua vocação comercial e, principalmente, pela sua vocação turística após a construção da Via Lagos. Os turistas são atraídos pelas praias, principalmente as oceânicas, banhadas pelas águas cristalinas do Atlântico. São atrativos as praças, parques, centros de gastronomia e centros de entretenimento.

O turismo representando uma grande porcentagem da economia local principalmente pela atração dos distritos de Iguabinha e Praia Seca. São milhares de turistas e visitantes que encontram ali as mais belas e variadas praias do Estado. A rede hoteleira (hotéis e pousadas) em Araruama vem crescendo desde 2010.

Industrial – o sal é bem abundante em Araruama(extraído principalmente no distrito de Praia Seca é um dos maiores de todo o Estado e todo o país), por isso as principais industrias se focalizam nisso; sendo extremamente muito bom para o município pois gera pouca ou nenhuma poluição, mantendo todo o equilíbrio e o ecossistema da Região. Indústrias da construção civil também têm se instalado em Araruama. Dentre elas, destaca-se a Oriente Construção Civil, uma das maiores do estado do Rio e com sede no município. Indústrias de transformação também geram inúmeros empregos na cidade e estão situadas no Condomínio Industrial de Araruama, às margens da RJ 124.

Rural – plantados e cultivados nos distritos de São Vicente e Morro Grande, representando a menor porcentagem da economia da cidade, tem o seu cultivo tais como a Banana, Maracujá, Aipim, Coco, Tangerina, Limão e a Laranja. Mesmo com uma redução na produção, Araruama é a maior produtora de frutos cítricos do estado do Rio de Janeiro.

Pesca – por conta de todos os bairros ao redor da Lagoa de Araruama que tem pequenos peixes ou frutos do mar tais como a Corvina, Camarão, Tainha, Sardinha e alguns outros frutos do mar podem ser encontrados na Lagoa,representa também uma pequena porcentagem na economia, porém a grande parte desta porcentagem está no Mercado Municipal de Araruama – também conhecido como Mercado de Peixe (que a pouco tempo foi reformado pela Prefeitura). Lá, pode ser encontrado uma enorme variedade de frutos do mar, crustáceos e peixes.Comercial – principalmente se destaca pelo Centro de Araruama e Rodovia Amaral Peixoto, pelos vários Prédios e Edifícios tais como Bancos, cursos superiores, várias Lojas, Fast-foods, Shoppings, Concessionárias, Praças, Bares, Botecos, Restaurantes, supermercados, estacionamentos, feiras etc.
Atualmente, os bairros de Vila Capri, Iguabinha, Bananeiras, Parati e Praia do Barbudo, no entorno da Rodovia Amaral Peixoto são os que mais crescem na cidade, economicamente e populacionalmente.

Setor Imobiliário – Araruama é atualmente a cidade que mais cresce, valoriza e se desenvolve em toda a Região dos Lagos, Pois por conta da população que nos últimos anos cresceu rapidamente, e a alta procura por apartamentos classe média, classe média-alta, classe alta e hotéis de luxo, próximo a praia tem cultivado muito interesse nas construtoras por Araruama, tornando aos poucos Araruama como a Principal Cidade da Região dos Lagos. Isso se deve à centralidade do município no mapa geográfico do estado: Araruama está a pouco mais de uma hora da cidade do Rio de Janeiro e da cidade de Niterói. O mesmo tempo se leva até o município de Macaé. Vale ressaltar também a proximidade da cidade com o Comperj (Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro), maior investimento público em andamento no Brasil. De Araruama até o polo, gasta-se 45 minutos.

Atualmente a cidade investe em atrair os futuros trabalhadores do Comperj para se tornarem moradores do município. Pelas leis municipais atuais, o gabarito máximo dos prédios construídos em Araruama é de 7 andares. Contudo, essa decisão está para ser revista, possibilitando a construção de edifícios residenciais e comerciais de maior porte, principalmente nos bairros do entrono do Centro da cidade. Por possuírem fácil acesso à região central e terem uma infraestrutura mediana, bairros como Boa Perna, Praça da Bandeira, Japão, Bananeiras, Fazendinha e Vila Capri passam por um crescimento populacional considerável, formando pequenos centros comerciais nos bairros.