MEC abre consulta pública sobre mudanças no Enem

 

BRA-0302siteO Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderá ser aplicado em apenas um dia em 2017. A possibilidade foi levantada pelo Ministério da Educação (MEC) e colocada em consulta pública, aberta ontem (18). Qualquer pessoa pode participar e tem até o dia 10 de fevereiro para opinar no site do Inep. O edital do Enem 2017 será divulgado, segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, após o encerramento da consulta, ainda no mês de fevereiro.

Atualmente, o Enem é aplicado em dois dias – um sábado e um domingo. A redução nos dias de aplicação, segundo Mendonça Filho, reduziria também os custos com as provas. A prova seria menor e teria, no máximo, 100 questões – hoje são 180 divididas em dois dias. A redação, aplicada no segundo dia de prova, seria mantida.

“A avaliação manterá a qualidade, nenhum conteúdo será desprezado. Não vamos sacrificar a qualidade por conta de qualquer que seja a conveniência ou a redução do custo”, disse o ministro nesta quarta-feira, em Brasília. Segundo ele, as equipes técnicas do MEC e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foram acionadas e avaliarem que a redução é viável.

Além de reduzir custos, o ministro destaca que a aplicação em um único dia beneficiaria os sabatistas, de religiões que guardam o sábado. Atualmente, eles precisam esperar em uma sala o sol se por para começar a fazer a prova do sábado.

A consulta pública está disponível na internet em formato de quatro questões. Em uma delas a pessoa define o formato, de um ou dois dias. Sendo dois dias, ainda é possível sugerir se as provas devem ser aplicadas em dois domingos ou mesmo em um domingo e uma segunda-feira, que seria feriado escolar.

Uma das questões é livre para que a pessoa dê as próprias sugestões. E a última pergunta é sobre a realização do Enem por computador. A ideia não é nova e vem sendo discutida desde 2012.

 

Foto: Arquivo / EBC