Itaboraí promove Encontro de Folia de Reis nesta sexta-feira

A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo realizará na próxima sexta-feira (02/02), às 19:30h, na Praça Marechal Floriano Peixoto, no Centro, o 2º Encontro de Folia de Reis de Itaboraí. O evento contará com a apresentação de dois grupos, sendo o Bandeira Estrela do Oriente e Bandeira Estrela do Oriente II, ambas da Reta Nova.

Ao todo, aproximadamente 50 pessoas farão a apresentação, divididos pelos dois grupos. O cortejo começará em frente à Igreja Matriz de São João Batista e terminará com uma apresentação dentre da Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Fernando Roscio, a apresentação dos grupos será um evento simbólico para  marcar o retorno da manifestação cultural tão importante e tradicional no município. “Mesmo fora de época, não poderíamos deixar de celebrar a Folia de Reis do município”, disse o gestor da pasta.

Folia de Reis é uma manifestação cultural religiosa festiva e classificada, no Brasil, como folclore; praticada pelos adeptos e simpatizantes do catolicismo, no intuito de rememorar a atitude dos Três Reis Magos — que partiram em uma jornada à procura do esconderijo do Prometido Messias (O Menino Jesus Cristo) — para prestar-lhe homenagens e dar-lhe presentes.

 

FOLIA

A Folia de Reis, também conhecida como Reisado, ou Festa de Santos Reis, é uma manifestação cultural religiosa festiva e classificada, no Brasil, como folclore. É praticada pelos adeptos e simpatizantes do catolicismo, no intuito de rememorar a atitude dos Três Reis Magos — que partiram em uma jornada à procura do esconderijo do Prometido Messias (O Menino Jesus Cristo) — para prestar-lhe homenagens e dar-lhe presentes.

Fixado o nascimento de Jesus Cristo a 25 de dezembro, adotou-se a data da visitação dos Três Reis Magos como sendo o dia 6 de janeiro. Em alguns países de origem latina, especialmente aqueles cuja cultura tem origem espanhola, passou a ser a mais importante data comemorativa católica, mais importante, inclusive, que o próprio Natal.

Na cultura tradicional brasileira, os festejos de Natal eram comemorados por grupos que visitavam as casas, tocando músicas alegres em louvor aos “Santos Reis” e ao nascimento de Cristo; essas manifestações festivas estendiam-se até a data consagrada aos Três Reis Magos, 6 de janeiro.

 

Foto: Divulgação