IGP-DI registra inflação de 0,58% em janeiro

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou inflação de 0,58% em janeiro deste ano. A taxa é inferior à registrada em dezembro de 2017 (0,74%), mas superior à observada em janeiro daquele ano (0,43%). Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o IGP-DI acumula deflação (queda de preços) de 0,28% em 12 meses. O IGP-DI de janeiro foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 1º e 31 do mês de referência.

A queda da taxa entre dezembro de 2017 e janeiro deste ano foi provocada pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo, que variaram apenas 0,58% em janeiro, depois de uma inflação de 1,07% em dezembro de 2017.

Por outro lado, as taxas de inflação no varejo e na construção civil foram mais intensas em janeiro do que em dezembro. O Índice de Preços ao Consumidor passou de 0,21% em dezembro para 0,69% em janeiro. Já o Índice Nacional de Custo da Construção subiu de 0,07% para 0,31% no período.

 

DÓLAR

Um dia após a forte turbulência nos mercados internacionais, a moeda norte-americana fechou estável e a bolsa de valores recuperou-se. O dólar comercial encerrou esta terça-feira (6) vendido a R$ 3,246, com queda de 0,03%. Essa foi a primeira queda depois de duas sessões de alta.

O índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, subiu 2,77%, fechando aos 84.126 pontos. As ações da Tim Participações (6,98%), Gerdau (6,04%) e Eletrobrás (5,56%) tiveram as maiores valorizações do dia. O indicador voltou a subir depois de cair 4,25% na sexta-feira (2) e na segunda-feira (5). Até a semana passada, o índice vinha registrando recordes seguidos, tendo superado a barreira dos 85 mil pontos.

 

Foto: Arquivo / Agência Brasil