Governo assina empréstimo de R$ 2,9 bi nesta sexta

O governador Luiz Fernando Pezão vai participar, nesta sexta-feira (15), em Brasília, da solenidade de assinatura do empréstimo de R$ 2,9 bilhões do banco BNP Paribas ao Governo do Rio. Os recursos serão integralmente usados para o pagamento de salários dos servidores ativos, inativos e pensionistas. Pezão chegou a Brasília na noite da última segunda-feira (11) para agilizar os procedimentos necessários à assinatura.

A realização do empréstimo, que tem garantia da Cedae, é resultado da adesão do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), concluída no último dia 5 de setembro. Ontem (14), o governador assinou o contrato com o BNP Paribas, instituição financeira vencedora da licitação. A última etapa é a assinatura do Ministério da Fazenda, que ocorre nesta sexta-feira (15).

Após reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, na tarde desta quinta-feira, o governador garantiu que todos os recursos que ingressarem no caixa, via empréstimo, serão imediatamente depositados nas contas dos servidores do Estado.

“Quando recebermos os recursos, repassaremos imediatamente para a conta dos servidores. Tenho certeza que, em 2018, vamos vivenciar um novo momento. Janeiro ainda será de muita luta, mas a arrecadação está crescendo, melhorando. Com o Brasil entrando na rota de crescimento, teremos um ano de 2018 bem melhor”, disse Pezão.

Do total de R$ 2,9 bilhões, R$ 2 bilhões vão ingressar no caixa estadual em até três dias úteis. Outros R$ 900 milhões serão liberados posteriormente, conforme previsto na licitação para a realização do empréstimo, realizada no primeiro dia de novembro, e o contrato que será assinado pelo Ministério da Fazenda também nesta sexta.

“Em três dias úteis, R$ 2 bilhões entrarão no caixa estadual, e depois, em até 60 dias, os R$ 900 milhões restantes. A folha de pagamento já está gerada, e, assim que recebermos os recursos, vamos passar para a conta dos servidores”, ressaltou o secretário de Estado de Fazenda, Gustavo Barbosa.

SALÁRIOS

A Secretaria de Estado de Fazenda depositou ontem R$ 922 milhões referentes aos pagamentos integrais do mês de novembro para os servidores ativos da Educação e do Degase, e para os servidores ativos, aposentados e pensionistas da Segurança – policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários e funcionários das secretarias de Segurança e Administração Penitenciária e órgãos vinculados.

Ao todo, foram depositados os vencimentos para 78.532 ativos da Educação e do Degase, e 159.156 ativos, inativos e pensionistas da Segurança. Com isso, o pagamento de novembro fica pendente para 211.638 servidores ativos, aposentados e pensionistas, em um total de R$ 619,6 milhões.

Também foi quitada nesta quinta-feira a folha de pagamento de setembro, com depósito de R$ 103,6 milhões para os 25.287 servidores que ainda não haviam recebido seus vencimentos integrais do mês.

Os depósitos foram efetuados ao longo do dia, mesmo após o término do expediente bancário.

 

Foto: Divulgação