Flamengo se defende junto à Conmebol

As cenas de violência, dentro e fora do Maracanã, por ocasião da final da Copa Sul-Americana, podem causar prejuízos financeiros e esportivos para o Flamengo. O clube tem até esta quinta-feira, às 18h, para enviar sua defesa por escrito para a Conmebol. A situação do clube é grave, já que o Ministério Público enviou imagens e relatos sobre os tumultos ocorridos na quarta-feira passada à Conmebol, pedindo providências. O clube pode até ser excluído da Copa Libertadores, mas o histórico é de punições brandas aos clubes sul-americanos.

A definição sobre a situação do Flamengo só deve ser tomada em 2018, já que a Conmebol entra em recesso do dia 22 de dezembro ao dia 7 de janeiro. O Flamengo alega que fez todo o possível para evitar problemas durante o jogo e chegou a apontar um erro estratégico da polícia. O Estado, por sua vez, afirma que a polícia fez o que estava ao seu alcance e afirma que os tumultos aconteceram por conta do sistema de validação dos ingressos comprados na internet.

No domingo (17), o clube voltou atrás nas críticas iniciais à polícia.

“O Flamengo reconhece que desde o recrudescimento da violência nos estádios, as autoridade policiais do Estado do Rio de Janeiro têm atuado da melhor maneira possível, apesar de terem que conviver com situações adversas. O Flamengo, como sempre, está à disposição para trabalhar junto com as autoridades de segurança estaduais em busca de uma forma de melhor lidar com essa situação”, disse o clube em seu site oficial.

Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, parte hoje para o Paraguai, onde visita a sede da Conmebol. Ele vai participar do sorteio dos grupos para a Copa Libertadores e pretende falar com Alejandro Domínguez, presidente da entidade, sobre os acontecimentos na final da Sul-Americana.

O clube decidiu encerrar o plano de sócio-torcedor corporativo, que oferecia ingressos às torcidas organizadas, “por entender que as organizações filiadas infringiram o Termo de Ajustamento de Conduta do Ministério Público e os Termos de Serviço do contrato com o Clube”, segundo explica em seu site oficial.