Flamengo enfrenta primeira partida da final da Sul-Americana

Vai começar. Hoje, o Flamengo começa os primeiros 90 minutos do resto de seu ano. No mítico estádio Libertadores de América, no bairro de Avellaneda, Buenos Aires, a bola vai rolar às 21h45 (Brasília) para Independiente x Flamengo, na primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana. É só o primeiro round. O segundo e decisivo será no Rio de Janeiro, dia 13 (próxima quarta), no Maracanã.

A Copa Sul-Americana é inédita para o Flamengo. Dono de uma Libertadores e uma Mercosul, o Mais Querido quer a taça continental que lhe falta. E o título vai coroar uma campanha no ano que fez do time da Gávea o que mais venceu e mais colocou as bolas nas redes. Na última entrevista coletiva antes do jogo, o treinador Reinaldo Rueda falou sobre os estilos dos times que entrarão em campo logo mais.

“São dois times que têm DNA muito similar. Sempre foram protagonistas e buscam os jogos, então passa pela boa posse da bola. É preciso ser inteligente. Se quer ganhar, é tratar de se impor. Com boa concentração, podemos buscar o jogo”, disse El Profe, que como de costume, não adiantou a equipe que irá jogar.

 

TRAJETÓRIA

O Flamengo chega invicto a sua primeira decisão de Sul-Americana. O Mais Querido entrou na segunda fase da competição, estreando contra o Palestino (Chile). Nos dois jogos, duas goleadas (5×2 e 5×0) e a classificação.

Na fase seguinte, o Flamengo enfrentou a Chapecoense, empatando a partida de ida (0x0) e vencendo a volta no Rio (4×0). Depois, no clássico regional contra o Fluminense, pelas quartas de final, vitória por 1×0 no primeiro jogo e empate em 3×3 no segundo. Na semifinal, o Rubro-Negro venceu duas vezes o Junior Barranquilla, no Rio e na Colômbia (2×1 e 2×0), classificando-se para a decisão.

O Flamengo pode ser o 5º campeão invicto da história da Copa Conmebol Sul-Americana. Em 15 edições já realizadas da competição, apenas 4 equipes conseguiram o título sem derrotas (Internacional/2008; Universidad de Chile/2011; São Paulo/2012; River Plate/2014).

O último título internacional do Flamengo foi há 18 anos, na Copa Mercosul de 1999. A decisão foi contra o Palmeiras, com o primeiro jogo no Rio acabando com vitória rubro-negra (4×3) e o segundo, em São Paulo, terminou empate (3×3) e com o título para a equipe da Gávea.

Independiente e Flamengo não se enfrentam há 16 anos. A última vez que as equipes se encontraram foi pelas 4ª de final da extinta Copa Mercosul, em 2001. Na oportunidade, os brasileiros eliminaram os argentinos com empate sem gols em Buenos Aires (24/10/01) e goleada por 4×0 em Taguatinga (31/10/01), com dois gols do zagueiro Juan, único atleta do Flamengo que estava no título daquela competição.

O atacante Felipe Vizeu marcou cinco gols na Sul-Americana de 2017 é o artilheiro da competição, empatado com Jhon Cifuentes (Universidad Católica-Equador) e Luis Rodriguez (Atlético Tucumán-Argentina). Na história de competições sul-americanas, o Flamengo já teve o artilheiro quatro vezes. Zico (11-1981), Tita (08-1984), Gaúcho (08-1991) e Romário (08-1999).

 

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo